EXPOSIÇÃO


A SÉRIE NEGRA – Waltercio Caldas

29/03/2011 a 28/05/2011



Uma das referências do artista para conceber a Série Negra foi a cultura Maia, na qual eram utilizados espelhos negros. “O funcionamento dos espelhos é uma questão que sempre me intrigou e que está presente em toda a minha obra. Em um espelho negro, como aqueles utilizados pelos Maias, as áreas de altas luzes são destacadas e as regiões de sombra ficam menos visíveis, alterando a nossa percepção. A forma pela qual os Maias se viam refletidos, por exemplo, influenciou decisivamente a sua forma de tratar a escultura.”

Esculpidas em granito, as peças da exposição Série Negra trabalham a questão da reflexão. Aspectos como a capacidade de duplicação das matérias, objetos que são maiores por dentro do que por fora (como livros e espelhos), o funcionamento dos espelhos, o infinito, o eco e a linha do horizonte, permeiam as 5 obras que poderão ser vistas por 2 meses na Galeria Raquel Arnaud: O Mar, O Espelho, A Máquina, A Paisagem e O Som.